A roupa social já não é mais aquela: comece a ousar mais! - Homem no Espelho - O site de cuidados masculinos mais lido do Brasil
LEIA!

A roupa social já não é mais aquela: comece a ousar mais!

Se você trabalha de terno e gravata não precisa seguir o figurino do seu avô. Ouse mais com a roupa social e combine formalidade e descontração.

Homem No Espelho- Novos estilos de roupa social

A roupa social já não é mais aquela. No bom sentido, é claro. Se você trabalha de terno e gravata não precisa mais seguir o figurino do seu avô. “Apenas as empresas que atuam em setores mais conservadores, como o financeiro, mantêm rígidos os códigos de vestimenta”, diz o consultor de imagem e personal stylist Felipe Duarte, de São Paulo. “Nesses casos, a recomendação é se restringir a ternos lisos e em cores escuras, camisas tradicionais e gravatas de estampas discretas.”

As fronteiras entre roupa social e casual estão cada vez menos nítidas na moda masculina. Nas áreas mais liberais, como aquelas ligadas à comunicação, a roupa social nunca permitiu tanta liberdade de combinações de estampas, cores e peças diferentes. Mesmo quem liga diretamente com o público já pode se permitir usar gravata e arregaçar as mangas da camisa, combinar o blazer com jeans ou uma camisa mais chamativa ou usar terno com sapato sem meia ou até com tênis (o branco, aliás, está na moda).

Fora dos ambientes de trabalho, nas festas e baladas dá para brincar com a roupa social e fazer um contraponto interessante entre formalidade e descontração. “Com uma camisa descolada, uma gravata colorida ou pulseiras e acessórios você dá um ar descolado ao look de blazer ou terno”, ensina Felipe Duarte.

Não que tenha virado um vale-tudo. Existem regras, sim, ditadas pela moda e pelo bom senso. Mas basta olhar à sua volta, observar os desfiles de moda, as revistas especializadas, os seriados de TV e até as novelas para perceber que dá para ser elegante ousando um pouco mais. “Antes de aderir a qualquer estilo ou tendência, porém, certifique-se de que a empresa não tem um código de vestimenta rígido”, alerta o Felipe. A seguir, veja as dicas de estilo do consultor de moda para dar um upgrade moderno no seu guarda-roupa.

RENDA-SE AOS TERNOS SLIM FIT: Segundo Felipe, os costumes (paletó e calça) e ternos (paletó, calça e colete) bem ajustados ao corpo estão mais em alta do que nunca. “O paletó tem modelagem bem ajustada ao corpo e a calça é mais justa e curta”, explica. Ele só não recomenda esse tipo de roupa para quem está fora de forma.

Homem No Espelho- Terno slim fit.

ESQUEÇA O PRETO E O CINZA: As tendências internacionais decretaram faz tempo o fim da supremacia dos ternos pretos, marrons e cinzas, mas brasileiro ainda tem receio de arriscar na roupa social. Então veja: os ternos ou costumes em cores claras (bege, areia ou azul, por exemplo) são bem legais para usar durante o dia. “O marsala, um tom de vinho que foi eleito a cor da moda de 2015, é uma alternativa interessante para quem quer ousar sem chocar”, sugere Felipe.

Homem No Espelho- Ternos de cores claras

USE A CALÇA E O COLETE DO TERNO: Esqueça o blazer e vista apenas o colete ou a calça do terno, com camisa social com ou sem gravata. Pode até abolir o cinto. “É um look comportado, que conserva o ar formal sem ser careta”, diz Felipe Duarte.

Homem No Espelho- Coletes

APOSENTE A CAMISA SOCIAL: Expanda seu repertório além da camisa branca, azul clara, rosa, bege, marinho… “São infinitas as possibilidades de se combinar blazer ou terno não apenas com camisas xadrezes ou listradas mais chamativas, mas também com estampas. Valem flores, desenhos geométricos, abstratos”, explica o consultor de moda. Se for usar gravata, porém, prefira uma cor lisa, para não ficar parecido com o Falcão.

Homem No Espelho- Aposente a camisa social

TROQUE A CAMISA POR CAMISETA: Você sabe que blazer e terno ficam superbem usados com camisetas, de gola careca (redonda) ou em V. “Só não podem ter decotes exagerados, mostrando o peitoral. Esse tipo de camiseta só fica bem com jeans ou bermuda”, avisa Felipe Duarte. Se gostar aposte nas listras, que também são tendência para 2015.

Homem No Espelho- Ternos e camisetas

TIRE AS MEIAS: Enquanto o inverno não chega (ou se na sua cidade ele nunca chega), deixe os pés livres dentro dos sapatos. Usar terno com calçados sem meias não só está na moda como fica bem bacana. A regra vale não apenas para modelos de sapatos que geralmente não devem ser usados com meias, como mocassins e loafers. Fica elegante calçar modelos de cadarço, como brogues, derbies e oxfords. “Cuidado apenas com os modelos dos docksides, que hoje têm versões casuais e descontraídas demais para combinar com roupa social”, diz.

Homem No Espelho- Sapatos sem meias

CALCE TÊNIS: Eles extrapolaram as bermudas e os jeans e vão bem com uma produção mais social, como costume ou terno usado sem gravata, segundo o consultor. Os tênis totalmente brancos estão no auge da moda.

Homem No Espelho- Tênis brancos

Enfim, não tem mistério manter a elegância no trabalho sem se vestir como seu avô. Inspire-se, combine bom senso com criatividade e quebre a caretice do terno de todo dia. Experimente!

  • ivan

    gostei da roupa do modelo com a mão no pescoço, gostaria de identificar a cor da calça , a camisa mt bonita

    • wilson

      Oi, Ivan,
      A calça é de um tom médio de azul, mais claro do que o marinho. A camisa é bem legal mesmo: branca, de bolinhas azuis (você encontra opções para comprar bem parecidas). Uma combinação bacana e simples, não é.
      Esperamos tê-lo ajudado.
      Abraço
      Equipe Homem No Espelho

  • Vinicius

    Olá! Vocês tem dicas de lojas para comprar essas camisas “descoladas”? obrigado!

  • arlin

    nunca li tanta baboseira em uma materia só, roupa social não se deve de maneira alguma ser usada como mostra essas “dicas” onde já se viu usar sapatos sem meias, isso é muito cafona, terno com tenis kkk na boa apague essa materia porque que fizer isso vai sair igual palhaço de circo na rua

Por favor, espere...

Quer receber dicas sobre cuidados com barba, cabelo e pele e as novidades em perfumes e produtos masculinos?

Inscreva-se com seu e-mail e receba nossa newsletter