Acerte no estilo da sexta-feira casual - Homem no Espelho - O site de cuidados masculinos mais lido do Brasil
LEIA!

Acerte no estilo da sexta-feira casual

O casual day é o dia de vestir roupa confortável. Mas muitos homens erram feio nas escolhas. Confira o que está liberado ou proibido, de acordo com cada tipo de trabalho.

Homem No Espelho - Casual day o quee vestir

O Casual Day ou Casual Friday já está incorporado à rotina de milhares de empresas. É o dia de libertação dos códigos de vestuário, em que pode-se abandonar a roupa formal e se vestir de modo mais informal. Mas muitos caras erram feio nas escolhas. Esse dia de visual relax é o momento de incorporar seu estilo pessoal ao cotidiano, mas não de chamar a atenção pelas escolhas erradas. Algumas empresa liberam jeans, tênis e camiseta, mas outras exigem aquilo que se convencionou chamar de “esporte fino” – terno ou paletó, sem gravata.

Você sabe por que as empresas começaram a adotar a Casual Friday? Não foi porque elas são boazinhas. É que as pesquisas mostram que a produtividade dos funcionários cai pela metade na quinta-feira. Deixar o empregado mais à vontade, optando por roupas confortáveis e menos formais, é uma maneira de injetar ânimo nos estressados e esgotados. Nada de pescoço estrangulado na gravata pelo menos um dia por semana.

O nível de informalidade varia muito segundo o tipo de empresa, porém. Não dá para comparar uma agência de internet com um banco de investimentos, por exemplo. Fomos perguntar ao consultor de moda Felipe Duarte, de São Paulo, o que está liberado ou proibido na sexta-feira casual, de acordo com o tipo de trabalho e de empresa.

AMBIENTES FORMAIS

Em empresas que atuam em áreas que exigem mais formalidade (como área financeira e de recursos humanos, por exemplo) não dá para liberar muito. Se a empresa tem um código de vestuário muito rígido, talvez o mais longe que se possa ir é aposentar a gravata por um dia e usar paletó mais informal, separado da calça. “Evite jeans, que é muito informal para os ambientes corporativos”, diz Felipe. “Prefira uma calça de alfaiataria com camisa social. Optar pela gravata, sem paletó, também fica bem legal.”

Uma alternativa ao jeans é a calça chino, que pode ser cáqui, por exemplo. As calças de sarja também funcionam bem, desde que você dê um upgrade na camisa”, frisa o consultor.

Nos pés, continue apegado aos sapatos de couro tradicionais e, nos dias de mais calor, experimente um mocassim, sem meia até, caso a empresa permita.

Homem No Espelho - Casual day2

ÁREA CRIATIVA

Aqui estamos falando com designers, publicitários, jornalistas, arquitetos e todo o tipo de profissional que atua em áreas ligadas à criação. “Nesse tipo de empresas, geralmente a semana toda já é uma sexta-feira casual, pois há bastante liberdade para se vestir”, diz Felipe Duarte. Ele lembra que várias empresas já liberam até mesmo a bermuda nos dias de calor.

O risco, então, é exagerar, explica o consultor. “É proibido usar sandália, camiseta regata, camisa de time de futebol, moletom”, diz. “A empresa não é sua casa. Só lá você pode usar o que quiser na hora que quiser.”

Jeans é geralmente a peça mais prática e versátil para o dia-a-dia. Com uma camiseta bacana (não vale de propaganda) ou uma bela camisa, ele é o que basta. Camiseta básica (branca, preta, cinza) com jaqueta ou malha fina, também fica legal. Tênis é sempre uma opção confortável, mas Felipe tem um alerta: “Tênis de corrida, só para correr”, frisa.

Homem No Espelho - Casual day

CONTATO COM PÚBLICO

Nessa categoria, a gente enquadra tanto quem sai para a rua e visita clientes, por exemplo, quanto quem trata diretamente com pessoas (em lojas, por exemplo). “Pense que você é um cartão de visitas ambulante da empresa”, diz Felipe. “Tenha em mente não apenas sua imagem pessoal, mas a imagem que a empresa quer passar para o cliente.”

Hoje existem mil maneiras criativas de usar roupa social e quebrar a monotonia do terno preto e camisa branca ou azul clara. Dá para brincar com estampas nas camisas e gravatas e experimentar um monte de combinações bacanas (a gente fez uma matéria inteira sobre isso: clique aqui para ler).

Se pode fugir da roupa social, fique com o básico elegante: camisa de mangas longas (podem ser dobradas), polo, calça de alfaitaria, um paletó azul marinho (sem gravata).

“Um toque moderno é usar a camisa com o colarinho fechado, a famosa “air tie”. Ou usar a camisa com gravata, abolindo o paletó.

Homem No Espelho - Casual day3

  • robson

    Sou barbudo!

Por favor, espere...

Quer receber dicas sobre cuidados com barba, cabelo e pele e as novidades em perfumes e produtos masculinos?

Inscreva-se com seu e-mail e receba nossa newsletter