LEIA!

Essa é a onda: o cabelo masculino ganha movimento

Os penteados com aspecto de movimento, com jeitão bem natural, estão em alta. Mostramos 24 estilos de cortes nesse estilo e ensinamos como modelar usando os produtos certos. 

Por Wilson Weigl

Sabe aqueles penteados certinhos, bem comportados, sem nenhum fio fora do lugar? Hoje, uma das tendências em cabelo masculino é justamente o oposto disso. Estão em alta os cortes e penteados que dão ênfase na textura e no movimento dos fios, dando a impressão de que o cabelo está bem natural. Como se a gente estivesse lavado o cabelo, dado uma ajeitada e saído de casa.

Mas é só uma impressão de naturalidade, ok? De fato, o cabelo já é cortado pensando em obter esse visual. O cabeleireiro trabalha o topo da cabeça na tesoura, separando as mechas em camadas, se os fios forem lisos, ou em cachos, caso sejam encaracolados.

No topo da cabeça os fios são sempre longos, um pouco mais ou um pouco menos, dependendo do tipo de cabelo ou do estilo que se quer dar ao penteado. Esse estilo fica bacana também deixando o cabelo bem comprido.

Atualmente a tendência é deixar as laterais mais longas, trabalhadas com tesoura ou máquina 4 ou 5.  Mas os cortes também podem ter as laterais baixas, aparadas com máquina, navalha ou tesoura. Mas alguns homens preferem os cortes bem curtos e até raspados nas laterais dentro daquele estilo que se convencionou chamar há um tempo de “undercut” e que agora se chamam “fade” ou degradê. Eles podem ser “low”, “mid” ou “high fade”, de acordo com a altura em que é feito o degradê, mais baixo, perto da orelha, no meio ou no alto, perto do topo da cabeça.  Para conhecer melhor os diversos estilos de “fade”, clique aqui para ler o post.

Na hora de pentear, usa-se geralmente pomada ou cera de efeito mate (fosco) para acentuar essa aparência natural. Existem alguns produtos fixadores que deixam o cabelo maleável e permitem remodelar o penteado ao longo do dia. Daí pode-se penteá-lo de jeito mais discreto para trabalhar e depois “bagunçá-lo” para sair mais tarde. Gel não costuma ser o produto indicado para esse estilo de penteado, pois ele dá ao cabelo aspecto molhado e brilhante, menos natural. E busca-se justamente o efeito oposto. Então, prefira pomada ou cera com pouco ou nenhum brilho.

Para modelar, penteie-se primeiro e depois ajeite as mechas com os dedos. Ou apenas modele com os dedos. A intenção é dar aparência de que você só lavou o cabelo e saiu ao ar livre. Para finalizar, pode-se usar fixador em spray, que segura os fios no lugar ainda mais.

Os penteados com movimento ficam ótimos também em cabelo encaracolado. O jeito de modelar é o mesmo explicado acima. Só que, para acentuar os cachos, você pode usar creme sem enxágue (leave-in) ainda com o cabelo molhado, deixar secar ao natural e depois modelar com os produtos de sua preferência.

 

Por favor, espere...

Quer receber dicas sobre cuidados com barba, cabelo e pele e as novidades em perfumes e produtos masculinos?

Inscreva-se com seu e-mail e receba nossa newsletter