LEIA!

Seus pés merecem ser bem cuidados

Quem corre, malha ou pratica esporte precisa redobrar a atenção às bases. Aprenda os cuidados básicos para evitar micose, frieira e chulé.

Cuide bem das bases e combata fungos e bactérias que causam chulé e pé de atleta

Cuide bem das bases e combata fungos e bactérias que causam chulé e pé de atleta

Cuide bem das bases e combata fungos e bactérias que causam chulé e pé de atleta

Pé geralmente sofre mais do que torcedor de certos times de futebol. Fica suado e quente o dia todo, enfiado dentro dos sapatos e tênis e embrulhado em meias que o impedem de respirar. Não é à toa que tantos homens sofrem com chulé, frieiras e micoses. Ainda mais quem corre, malha ou pratica esporte precisa redobrar a atenção às bases.

O chulé (bromidrose) vem da contaminação do suor por bactérias que encontram no meio líquido (que é inodoro por natureza) condições favoráveis à sua proliferação, causando mau cheiro. Já o pé-de-atleta (tinea pedis) é uma infecção causada por fungos encontrados em piscinas, chuveiros, vestiários de academias e outros lugares molhados onde se costuma andar descalço. Depois de contaminar a pele, os micróbios crescem no ambiente escuro, quente e úmido de meias e calçados suados. Os sintomas você conhece: prurido intenso, descamação, rachaduras e vermelhidão.

Se esses sintomas persistirem por várias semanas, consulte um médico, que poderá prescrever um medicamento antifúngico oral. Mas antes pode tentar evitar e vencer essas chatices pondo em prática as dicas da Harvard Medical School, da universidade americana homônima:

✔ Antes da atividade física, aplique desodorante em creme ou spray em todo o pé.

✔Depois do banho, vista meias limpas.

✔ Reserve um tempo para secar bem os pés (especialmente os vãos entre os dedos). Se achar necessário, use papel higiênico ou secador de cabelo.

✔ Na piscina ou no chuveiro da academia, use sandálias para evitar que seus pés descalços entrem em contato com o chão contaminado.

✔ Prefira sapatos de couro e evite materiais sintéticos como plástico e borracha: o couro natural permite que seus pés “respirem” e fiquem mais secos.

✔ Use meias de algodão, que absorvem melhor o suor. Os tecidos sintéticos tendem a deixar os pés úmidos, o que contribui para a proliferação das bactérias.

✔ Não use o mesmo par de sapatos dois dias seguidos. Dê pelo menos 24 horas de intervalo para tomarem ar e secarem bem.

✔ Nunca compartilhe sapatos com outra pessoa. 

HOMEM NO ESPELHO RECOMENDA

 Creme para pés Karité, da L’Occitane

À base de manteiga de karité (substância extraída do fruto de uma árvore africana), tem ação emoliente e hidratante e é rapidamente absorvido pela pele, sem deixar sensação melada. (30 ml – R$39; 150 ml – R$118) SAC 0800 171272 loccitane.com.br

Creme hidratante para pés Lipikar Podologics, da La Roche-Posay

Para uso diário, o creme não gorduroso diminui fissuras e calosidades da pele, por fazer uma leve esfoliação que elimina células mortas. Tem na fórmula manteiga de karité, glicerina e água termal, rica em minerais. (100 ml – R$ R$ 53,90) larocheposay.com.br

Por favor, espere...

Quer receber dicas sobre cuidados com barba, cabelo e pele e as novidades em perfumes e produtos masculinos?

Inscreva-se com seu e-mail e receba nossa newsletter