Acerte na cabeça: lave o cabelo do jeito certo

Lavar o cabelo, que a gente costuma fazer no piloto automático, também tem regras. E se você quer dar um trato na juba, saiba que o cuidado começa embaixo do chuveiro.

Lavar o cabelo também tem suas manhas: faça a coisa do jeito certo
Lavar o cabelo também tem suas manhas: faça a coisa do jeito certo e veja resultados

Tem certas coisas que parecem muito simples, mas que o bom resultado depende de seguir direito o protocolo. Como fazer churrasco, preparar uma boa caipirinha e fazer sexo bom, por exemplo. Lavar o cabelo, que a gente costuma fazer no piloto automático, também tem suas regras, e elas valem tanto para quem tem cabeleira como Sansão quanto para quem percebeu que é candidato à calvície. Veja os cuidados durante a lavagem que vão contribuir para manter o cabelo saudável (não importa a quantidade que você tenha na cabeça), evitar secura ou excesso de oleosidade e ajudar a dar um jeito na juba rebelde, cacheada ou fina.

  • ESCOLHA O XAMPU CERTO PARA SEU TIPO DE CABELO

Esse é o primeiro passo para fazer as pazes com seu cabelo. Antigamente só era possível escolher entre xampus para cabelos secos, normais ou oleosos. Hoje dá para optar por produtos formulados especificamente para cabelos finos, rebeldes, sem volume, grisalhos, cacheados… Ao escolher o xampu adequado você resolve 50% dos seus problemas. “Se não sabe qual o produto adequado ao seu tipo de cabelo, ou se perde entre tantas opções das gôndolas, peça orientação ao cabeleireiro quando fizer o corte”, diz o cabeleireiro Andy Vieira, do salão Andy Vieira Hair Studio (SP). Veja ao final desta reportagem os produtos indicados para cada tipo de cabelo.

  • NÃO “LAVE” O CABELO SÓ COM ÁGUA

Enfiar o cabelo embaixo do chuveiro é o mesmo que não lavar. “A água sozinha não limpa o couro cabeludo e a oleosidade e os resíduos podem contribuir para o surgimento de caspa e até para a queda”, explica Andy Vieira. Fazendo uma comparação, você só passa água no sovaco e não ensaboa? Dá-lhe xampu toda vez que entrar no box.

  • ESFRIE A CABEÇA NA HORA DE LAVAR A CABELEIRA

Água muito quente resseca o couro cabeludo e, ao mesmo tempo, contribui para o aumento da oleosidade. “Use água morna para fria ao passar o xampu”, diz Andy. No inverno, se você mora em uma cidade onde faz frio, diminua a temperatura do chuveiro só para lavar e enxaguar a juba e depois esquente novamente a água para ensaboar o corpo. Você aguenta! “A água fria também dá mais brilho”, diz o cabeleireiro.

  • NÃO ECONOMIZE ÁGUA 

Mesmo na chuveirada rápida, enxague bem para retirar bem o xampu e condicionador. Os resíduos acumulados podem deixar os fios opacos e até acelerar a queda.

  • USE DE VEZ EM QUANDO XAMPU ANTIRRESÍDUOS

Esse tipo de produto faz uma faxina profunda retirando restos de sujeira de poluição e de resíduos de gel e pomada que se acumulam nos fios e no couro cabeludo. É bom também para quem pratica natação, pois elimina restos de cloro e outras substâncias químicas da água da piscina. É suficiente aplicar uma ou, no máximo, duas vezes por semana, alternadamente com o xampu que você costuma usar todo dia. Cuidado se você tem cabelo seco, pois esse xampu pode deixá-lo ainda mais ressecado.

  • RETIRE GEL, POMADA E CERA ANTES DE DORMIR

Acabado depois da balada? Ok, desabe na cama, mas não deixe isso virar rotina. A pomada e o gel deixam o cabelo engordurado e impedem o couro cabeludo de respirar, o que pode contribuir para caspa e queda. Faça um esforço e lave o cabelo antes de dormir para retirar o finalizador. Mas seque bem o cabelo antes de dormir.

  • LAVE O CABELO TODO DIA OU ATÉ MAIS DE UMA VEZ

Está liberado lavar o cabelo diariamente. Não provoca queda, nem danos ao couro cabeludo. O cuidado é escolher o xampu indicado para seu tipo de cabelo, especialmente se ele for mais seco (mas a gente já falou disso lá em cima). Os especialistas consideram que é pior ficar com o couro cabeludo e os fios impregnados da gordura produzida pelas glândulas sebáceas, suor e poluição. Se você faz academia, não fique com a juba suada depois de malhar.

 

3 Comentário

    • Oi, Bruno, o certo seria você usar shampoo para cabelo que controle a oleosidade do couro cabeludo. Mas precisa tratar e controlar a caspa, que geralmente não tem cura. ideal seria você consultar um dermatologista que também trate cabelo para resolver a questão de vez.

  1. Melhor explicação que eu ví até agora… Dentre vários sites que abordam o assunto…

    Continue assim. Já está nos meus favoritos!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.