Harmonização facial: técnica para deixar o rosto mais equilibrado (e másculo)

O preenchimento com ácido hialurônico pode remodelar queixo e maçãs do rosto, diminuir olheiras e rugas e engrossar os lábios. É uma técnica segura, sem cortes, que pode ser revertida se não ficar satisfatória.

Homem No Espelho - Harmonização facial masculina

Por Wilson Weigl / Modelo: Lucas Lobo @lucasloboh

Harmonização facial: você provavelmente tem ouvido falar dessa técnica, mas de repente não sabe o que é exatamente. O nome diz tudo. É um procedimento estético que deixa as proporções do rosto mais equilibradas e simétricas. E no caso dos homens, também mais viris.

O procedimento é feito por meio do preenchimento com injeções de ácido hialurônico na área desejada. É uma técnica extremamente segura, minimamente invasiva, sem cortes, feita em consultório. Nada a ver com cirurgia plástica. E o melhor é que a harmonização facial pode ser facilmente revertida, caso não fique satisfatória.

O preenchimento pode ser feito em várias áreas do rosto e proporciona resultados incríveis. Ele permite diminuir rugas e cicatrizes, atenuar olheiras, redesenhar as maçãs do rosto, engrossar os lábios e remodelar o queixo e a mandíbula. Aliás, os procedimentos na boca, queixo e mandíbula são mais procurados pelos homens.

Homem No Espelho - Harmonização facial masculina

Importante é buscar um profissional competente e gabaritado, porque ele tem que ter perfeito conhecimento das proporções do rosto, um olhar artístico apurado e muita habilidade técnica, porque além de trabalhar perto de artérias e veias, os preenchimentos mais radicais mexem com toda a estética facial. O bom especialista é capaz de informar previamente ao paciente quais são as reais possibilidades da harmonização, para prevenir exageros que fatalmente vão resultar em arrependimento.

Lucas Lobo, influenciador do Instagram, fez a harmonização para redesenhar a porção inferior do rosto. Ele é um cara bonitão, mas decidiu pelo procedimento. “Como imagem é fundamental no meu trabalho, não estava satisfeito com meu visual de perfil nas fotos e vídeos. Descobri que era possível melhorar a harmonia do rosto deixando meu queixo mais marcado e quadrado”, conta.

Homem No Espelho - Harmonização facial masculina - Lucas Lobo

“É fundamental levar em conta as características faciais do paciente, a simetria e a geometria das várias porções do rosto, como o lado esquerdo e direito e os terços superior, médio e inferior. O procedimento bem feito tem um resultado suave, natural, nunca com aparência artificial”, explica a farmacêutica Grazielle Jirousek, da clínica L’Essence, de São Paulo, responsável pela harmonização de Lucas Lobo. @clinicalessence

Homem No Espelho - Harmonização facial masculina - Lucas Lobo

As injeções de ácido hialurônico são usadas também para corrigir problemas mais acentuados, como o prognatismo (quando o osso da mandíbula cresce demais, projetando o queixo para frente) ou o retrognatismo (ao contrário, o queixo fica para trás, afundado). Mas a harmonização pode ser feita por qualquer pessoa que deseje alterar algum traço facial indesejado, ainda que leve.

Homem No Espelho - Harmonização facial masculina

Mas o que é o ácido hialurônico? Apesar do nome “ácido”, é na verdade um biopolímero, uma espécie de “plástico” maleável produzido naturalmente pelo organismo, encontrado nas camadas profundas da pele, nas cartilagens e articulações, preenchendo os espaços entre as células. O ácido usado nos consultórios é sintético, mas igual ao sintetizado pelo organismo. Como é uma substância “conhecida” pelo corpo, não há risco de provocar rejeição ou alergia. Com o tempo, o ácido injetado é absorvido e estimula o corpo a produzir colágeno, a proteína que dá firmeza e elasticidade à pele.

As indústrias farmacêuticas fabricam ácidos com diferentes densidades, para as diferentes utilizações no rosto. Os de textura mais leve são usados para atenuar rugas e olheiras, enquanto os mais encorpados são indicados para a reestruturação de queixo e mandíbula, por exemplo.

Em casos simples, uma sessão de preenchimento costuma ser suficiente. Depois da aplicação do ácido, o rosto pode apresentar inchaço ou vermelhidão, que logo desaparecem. Segundo a farmacêutica Grazielle Jirousek, em 90% dos casos já é possível ver o resultado na hora. A duração da harmonização varia de pessoa para pessoa, mas em geral só é preciso repetir o procedimento após um período de 8 meses a um ano.

No caso de Lucas Lobo, já foi possível checar na hora o bom resultado da harmonização do queixo. “Deu até vontade de fazer em outros lugares do rosto”, brinca.

Mas e se o paciente não ficar satisfeito? Tranquilo, dá para reverter o processo. “Injeções com a enzima hialuronidase promovem a degradação natural do ácido hialurônico e eliminam ou diminuem o preenchimento facial anterior”, conclui Grazielle Jirousek.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.