Pé pra fora: aprenda a cuidar das bases no verão

Não dê vexame ao tirar o sapato. A gente ensina todo o trato para deixar as bases nos trinques e evitar chulé, frieira e outras chatices.

Homem No Espelho - Cuidados com os pés

Por Wilson Weigl

Aposto que pelo menos uma vez você já ouviu sua namorada, mulher ou amiga dizer: “Reparou no pé do cara? É horrível”. E é claro que você nem se ligou, pois não costuma ficar olhando pé de outro homem. Aliás, às vezes os homens não reparam nem no próprio pé.

As mulheres, ao contrário, por algum motivo que só a ciência é capaz de desvendar, são incrivelmente ligadas nos pés masculinos. E não perdoam desleixo.

Se você não pretende passar vexame e quer manter seu pé saudável e cheiroso, precisa dispensar alguns cuidados extras às bases. Agora que o verão se instalou, é hora de andar descalço e desfilar com havaianas e sandálias de couro. A temporada de praia e piscina também vem acompanhada de bactérias e fungos que vivem na areia e nos pisos molhados e causam frieiras e micoses. Sem falar que no calor os pés sofrem ainda mais, suados e cozidos dentro das meias e dos sapatos, agravando o chulé.

Para cuidar dos pés sem fazer esforço, uma opção é recorrer às clínicas de podologia. Sabia que 70% da sua clientela é formada por homens? Esses verdadeiros paraísos masculinos oferecem serviço completo: corte das unhas, desbaste de calos e calosidades, hidratação e higienização com loção. Ali os especialistas tratam também problemas como unha encravada, olho de peixe, bicho-de-pé, bolhas, micoses e frieiras.

O bônus são as massagens de reflexologia, baseada nos princípios da milenar medicina chinesa. Segundo seus conceitos, pontos de energia dos pés estão relacionados a outros órgãos do corpo e, quando estimulados, podem ajudar a tratar diversos problemas de saúde. Bem, dependendo da habilidade do massagista, no mínimo você vai sair da maca menos estressado, não tenha dúvida.

Como os cuidados com as bases também devem ser diários, pedimos a assessoria de Aline Miessa, diretora da clínica de podologia Doctor Feet, unidade Moema (uma das quase 80 lojas da rede em todo o Brasil), e da podóloga Elza Maria Pivoto, também da Doctor Feet. Confira as dicas das especialistas.

CUIDADOS NO BANHO

Homem No Espelho - Pés2

Você faz parte do time que acha que basta deixar a água escorrer no banho para deixar os pés limpos? Mancada. “É preciso ensaboar bem os pés, de preferência com esponja ou bucha, para mandar embora as bactérias”, explica Elza.

Depois do banho, seque bem os vãos entre os dedos) com a toalha. Pode usar também papel higiênico.

CUIDADOS NA ACADEMIA E NA CORRIDA

154306165_XS

Sempre calce sandálias no vestiário, no chuveiro ou na piscina, para evitar que os pés descalços fiquem em contato com o piso possivelmente contaminado. Lugares molhados são habitat de micróbios e fungos, como o tinea pedis, que causa a infecção conhecida por pé-de-atleta, cujos sintomas são prurido intenso, descamação, rachaduras e vermelhidão.

Principalmente ao correr, calce tênis confortáveis e com bom sistema de amortecimento. Bolhas, calos e até olho de peixe (verruga plantar) podem ser causados pela escolha inadequada do calçado.

CUIDADOS COM SAPATOS E MEIAS

Homem No Espelho - Pés3

O chulé (bromidrose) tem relação direta com o jeito de usar calçados e meias. O mau cheiro ocorre porque micróbios contaminam o suor (que por natureza não tem cheiro) e se desenvolvem no ambiente escuro, quente e úmido fornecido por meias e calçados suados.

Para prevenir ou remediar o chulé existem alguns cuidados:

Aplique desodorante específico para pés, em creme ou spray, antes e depois do treino ou corrida. A versão em spray pode ser usada também dentro do calçado. O talco é sempre uma opção, mas nem sempre a melhor, pois o pó deixa resíduos.

Dê preferência a sapatos de couro e evite materiais como plástico e borracha. “O couro natural permite que os pés respirem e permaneçam mais secos”, diz Aline.

Evite usar um mesmo par de sapatos dois dias seguidos. Dê pelo menos 24 horas de intervalo para secarem bem. Para correr ou treinar, alterne também dois pares de tênis.

Após o uso, deixe os calçados arejando, para evitar a proliferação de fungos.

Use meias de algodão, que absorvem melhor o suor. Evite tecidos sintéticos, que deixam os pés úmidos, o que contribui para a proliferação de bactérias.

Não use a mesma meia duas vezes. Deixe sempre um par de reserva na mochila da academia.

CUIDADOS COM AS UNHAS

Homem No Espelho - Pés4

Segundo os podólogos, problemas como unha encravada são causados principalmente pelo corte incorreto das unhas, deixando pontas e restas. Faça o serviço pelo menos uma vez a cada 15 dias, pelo menos. Pode usar trim, sem problemas, mas os especialistas recomendam a tesourinha. “O corte deve acompanhar o formato natural da unha, que é quadrada com cantos arredondados”, ensina Elza Maria.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/

 

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.