Por que os homens ainda não sabem lavar o rosto?

Pesquisa sobre limpeza de pele revela que os homens ainda não sabem como fazer do modo correto algo tão simples como lavar o rosto. E você?

Homem No Espelho - Como lavar o rosto do jeito certo - limpeza facial

Por Wilson Weigl

Você sabe lavar o rosto do jeito certo? Tomara que sim, porque a maioria das pessoas — e principalmente os homens — não sabem como fazer do modo correto algo tão simples e corriqueiro.

Ainda é grande o desconhecimento das regras básicas de limpeza facial duas lavagens diárias, hidratação e nutrição para fortalecer as defesas da pele a fim de evitar espinhas, cravos, foliculite e excesso de oleosidade e brilho, grandes problemas masculinos.

Os homens fazem tudo errado: não usam sabonete facial, lavam o rosto só com água, várias vezes por dia, e não conhecem seu tipo de pele. É o que mostrou pesquisa da CeraVe, marca americana de cosméticos (vendida no Brasil) feita em 11 países pelo Instituto Ipsos, empresa internacional de inteligência de mercado.

O estudo ouviu 5.500 pessoas no mundo inteiro, incluindo o Brasil, e revelou que o suposto conhecimento do ritual correto de limpeza do rosto não se concretiza na prática. Homens e mulheres se dizem bem informados sobre a limpeza facial e a encaram como prioridade 73% classificam o rosto como a parte do corpo mais importante para lavar, muito mais do que as axilas (54%) ou os cabelos (29%). Mas a prática sugere o contrário. Apesar de a grande maioria (70%) achar que sabe com que frequência deve lavar o rosto, menos da metade (44%) o faz duas vezes ao dia, enquanto mais de um terço (35%) não lava o rosto com a frequência necessária.

  • ✔ Os dermatologistas afirmam que é fundamental lavar o rosto duas vezes por dia: de manhã ao acordar e à noite, antes de dormir.
  • ✔ A limpeza diurna retira o sebo produzido durante a noite e os resíduos de cremes e outros produtos que foram aplicados antes de dormir. Depois de lavar com sabonete facial, passe hidratante e protetor solar.
  • ✔ Antes de dormir, faça novamente o mesmo ritual da manhã: primeiro, lave o rosto com sabonete neutro, desta vez para eliminar a sujeira acumulada, oleosidade, suor e poluição que podem provocar cravos e espinhas. Em seguida, aplique hidratante.

LEIA TAMBÉM

Embora a limpeza da pele possa parecer uma rotina simples, o estudo revelou mitos difundidos entre os homens. Por exemplo, 2 em cada 5 homens usam apenas água para lavar o rosto (45%), enquanto mais de um terço usa sabonete em barra (35%).

  • ✔ Lavar o rosto só com água, várias vezes por dia, como faz quase a metade dos homens segundo a pesquisa, além de não diminuir a sensação ruim do excesso de oleosidade, não retira a sujeira e as impurezas da pele.
  • ✔ Pior ainda, a limpeza excessiva, sem hidratar a pele depois, causa efeito rebote, justamente o oposto do que se pretende: as glândulas sebáceas trabalham ainda mais para produzir sebo e o resultado é ainda mais oleosidade e brilho.

Existem também equívocos em relação à escolha do sabonete para lavar rosto: 38% dos homens (vs. 17% das mulheres) acreditam que “qualquer sabonete serve”. Os homens são mais propensos a lavar o rosto durante o banho ou depois de se exercitar, usando sabão em barra (mais de um terço dos homens).

Também 4 em cada 10 pessoas (40%) admitem não saber que tipo de produto de limpeza facial é melhor para seu tipo de pele. Mais de um terço (37%) não entende o significado de pH equilibrado e, por isso, não leva a informação em conta ao escolher um produto de limpeza facial.

  • ✔ O cuidado mais básico para a limpeza do rosto é usar sabonete específico para uso facial. O sabonete formulado para corpo tem pH incompatível com a pele do rosto a sigla é de potencial hidrogeniônico, o nível ideal de acidez que deve ser mantido para fortalecer as defesas da pele.
  • ✔ Sabonete corporal também pode conter substâncias detergentes agressivas (como as que produzem espuma) e perfumes. O sabonete pode ser líquido ou em barra, desde que seja específico para uso no rosto.

Ao mesmo tempo, a limpeza excessiva é um erro frequente. 33% dos entrevistados acreditam na afirmação incorreta de que quanto mais lavarem o rosto, mais limpo ele fica. Um quinto (20%) dos entrevistados tende a lavar o rosto em excesso (mais de duas vezes por dia),

Segundo a pesquisa, os brasileiros conhecem os danos causados por lavar o rosto com água excessivamente quente (78%), mas relatam mais dúvidas do que média sobre a forma correta de limpar o rosto (59%). Também desconhecem que não deveriam usar sabonete para mãos no rosto (apenas 29% sabem que é prejudicial).

  • ✔ A limpeza do rosto com água muito quente resseca a pele e causa o efeito rebote citado acima: o aumento a produção de sebo para compensar a falta de hidratação natural.
  • ✔ Sabonete para mãos, assim como sabonete corporal, não é formulado para uso no rosto e pode causar ressecamento por causa das substâncias detergentes.

A maioria das pessoas também nunca procurou aconselhamento profissional sobre a limpeza adequada da pele: 67% acreditam que conhecem seu tipo de pele, mas menos de 3 em cada 10 (29%) consultaram um especialista para confirmar isso. Um quarto ou mais cometem erros na limpeza da pele em qualquer prática/hábito citado e 60% não pensam na barreira da pele um aspecto fundamental da saúde da pele.

A falta de conhecimento se estende ao cuidado noturno: 29% dos homens acham que não é necessário lavar o rosto antes de dormir (em comparação com 15% das mulheres)

  • ✔ Os dermatologistas recomendam lavar o rosto à noite para eliminar tudo que impregnou a pele durante o dia: suor, poluição, poeira e a gordura produzida pelas glândulas sebáceas. Tudo isso vira uma gororoba que entope poros, provoca cravos e espinhas e piora a acne em quem já sofre desse problema.
  • ✔ Ir para a cama com a pele do rosto limpa e hidratada com um bom creme também ajuda a diminuir o excesso de oleosidade e brilho e previne o surgimento de rugas precoces, porque a pele se regenera durante o sono.

Por fim, o estudo revelou outros desafios com a higiene da pele em termos mais gerais: 71% dos homens passaram mais de duas semanas sem lavar os lençóis e as fronhas (em comparação com 66% das mulheres).

✔ Lençóis e fronhas devem ser lavados e trocados regularmente (uma vez por semana). Isso é ainda mais importante se você mora em lugares quentes ou costuma suar muito à noite. O tecido sujo (principalmente do travesseiro) é um habitat de resíduos, sujeira e bactérias, que causam e/ou agravam problemas de pele como espinhas, principalmente no rosto.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/?hl=en

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.