O rock nunca sai da cabeça dos homens

13 de julho é o Dia Mundial do Rock e a gente mostra como os estilos de cabelo inspirados em diferentes movimentos  – heavy metal, punk, grunge, indie – continuam atuais. 

Por Wilson Weigl

Mais do que um gênero musical, o rock é um estilo de vida, um jeito de ser, uma atitude que se reflete no visual. Não importa quanto tempo passe, os ídolos do rock do passado e do presente vêm ditando modas e tendências para várias gerações.  E uma das marcas registradas é o cabelo. Como dia 13 de julho é o Dia Mundial do Rock, a gente quer mostrar como os estilos de cabelo inspirados nos diferentes movimentos do rock continuam atuais.

A cabeleireira Cathia Muaze, da rede de salões masculinos Red Salon Homem, do Rio de Janeiro, ensina como você pode reinterpretar o estilão dos astros do rock para ter um visual bem moderno.  Confira. E longa vida ao rock!

ESTILO HEAVY METAL

Os cabelos longos reinaram absolutos nos anos 1960 e 70 e, desde então, vêm atravessando as décadas com firmes adeptos, até mesmo entre aqueles que nem tinham nascido na época do apogeu das grandes bandas como Led Zeppelin, Deep Purple, Black Sabbath e centenas de outras. Os recentes desfiles masculinos europeus sugeriram a volta em grande estilo da cabeleira longa.

Homem No Espelho - cabelos estilo rock heavy metal

COMO USAR: O estilo com ar de Woodstock consiste basicamente em deixar os fios compridos e soltos. Mas diferentemente dos anos 1970, quando predominava a cultura hippie, hoje é preciso dar uma boa manutenção nos fios. Tanto faz se o cabelo for liso ou cacheado: apare as pontas pelo menos uma vez por mês. Lave com xampu e condicionador indicados para seu tipo de cabelo (seco, oleoso, cacheado, rebelde, com muito volume, por exemplo). Se seu cabelo tiver tendência a ressecar e quebrar, faça periodicamente uma hidratação no salão.

ESTILO GRUNGE

O gênero musical e estilo de se vestir nascido em Seattle no final da década de 1980 é filho legítimo do rock pesado e do indie rock. Sua Santíssima Trindade foi Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam. Quanto aos cabelos, a coisa era democrática: havia quem optasse pelas longas cabeleiras herdadas do heavy metal, como Eddie Veder do Pearl Jam, como quem adotasse os cortes curtos, desde que um pouco desgrenhados. Marcante, porém, foi a melena na altura do pescoço, com a franja ajeitada atrás das orelhas, marca registrada de Kurt Cobain, do Nirvana.

COMO USAR: Os cuidados básicos não variam muito em relação aos cabelos heavy metal (acima). Os fios devem ser de longos a médios e soltos. Apare as pontas no mínimo uma vez por mês ou sempre que estiverem quebradiças. Lave com xampu e condicionador indicados para seu tipo de cabelo. Se seu cabelo tiver tendência a ressecar e quebrar, faça periodicamente  hidratação.

ESTILO PUNK

O maior símbolo do visual do movimento punk é o corte moicano, que ganhou fama no final dos anos 1970 e continuou na moda por umas boas décadas. É uma alusão à resistência dos índios moicanos dos EUA, que, assim como os punks, enfrentavam a opressão do sistema. Hoje, apesar de estar datado e fora da moda, sua influência aparece em alguns estilos de cortes atuais, como o undercut (raspado nas laterais e cheio no alto da cabeça).

Homem No Espelho - cabelos estilo rock moicano

COMO USAR: O corte com fios espetados ou arrepiados combina com quase todos os rostos, exceto os muito redondos. Para modelar, use uma boa pomada (ou gel, caso prefira aspecto brilhante). Como esse estilo de penteado perde rapidamente o corte, faça a manutenção de 15 em 15 dias no salão.

ESTILO INDIE

Uma das sensações dos anos 1990 e 2000, esse corte é simples e despojado, influenciado pelas bandas independentes que tomaram conta do cenário musical da época, como Blur, Oasis e muitas outras. Consiste basicamente no cabelo curto, penteado na frente e nos lados, com fios praticamente no mesmo comprimento. Jon Bon Jovi é um dos seus adeptos.

Homem No Espelho - cabelos estilo rock indie

COMO USAR: É um corte que funciona bem para todas as idades e formatos de rosto. Fica especialmente bom em quem tem rostos quadrados. Para finalizar e obter o aspecto de “espinhos” voltados para baixo, modele os fios com pasta ou pomada, dando um efeito bagunçado.

ESTILO EMO

Os “emos” proliferaram nos anos 1990 e 2000, na esteira de bandas de emocore, gênero musical que junta influências do punk e do rock hardcore em canções com letras românticas e melancólicas.  Os cabelos lisos, às vezes pintados, ostentam enormes franjas, influenciadas pelos músicos de bandas como My Chemical Romance, Fall Out Boy, Dashboard Confessional, Panic! at the Disco e, aqui no Brasil, NXZero e Fresno.

Homem No Espelho - cabelos estilo rock emo

COMO USAR: O penteado não precisa ser 100% comportado: pode deixar os fios bagunçados. Para manter a franja no lugar, experimente modelar com pomada ou pasta de efeito mate (fosco). O cabelo deve estar sempre bem limpo, para não ficar com aquele aspecto escorrido de oleoso. Quem quer levar o estilo a sério mesmo pode recorrer à chapinha para dar mais naturalidade àquela mecha que cai sobre o rosto.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.