Como escolher o finalizador certo para cada penteado

Aprenda como usar gel, pomada ou cera para conseguir o efeito do penteado que você quer: topete alto ou baixo, texturizado, para trás ou clássico.

Por Wilson Weigl

Gel, pomada e cera são nossos parceiros do dia-a-dia faz tempo. Porém aparecem novos cortes e penteados bacanas que a gente quer reproduzir mas não sabe qual produto usar para conseguir o efeito. Pois eu digo que a escolha do finalizador é meio caminho andado para chegar lá.

Dependendo da opção por gel, pomada ou pasta, consegue-se aspecto brilhante ou fosco, grau de fixação moderado ou firme e por aí vai. Às vezes só se descobre o produto ideal na base da tentativa e erro, o que implica em desperdiçar grana comprando pomadas e ceras erradas. Por isso, é importante pesquisar e se informar nos blos e sites (como aqui o Homem No Espelho).

Mas alguns penteados mais elaborados, como os topetes altos, também pedem o uso do secador, que ajuda a colocar os fios já no lugar ainda úmidos. E também é fundamental saber escolher entre escova ou pente (ou só os dedos) para dar o efeito desejado no cabelo: mais natural, bagunçado ou assentado no lugar.

Com a ajuda do barbeiro e visagista Tiago Costa, do salão Jacques Janine, mostro o que usar para obter o resultado que você quer no penteado.

  • Topetes altos

Você precisa de: pomada ou cera + secador + escova + spray

Para criar topetes volumosos, penteados para o alto ou para trás (que são conhecidos com o nome genérico de Pompadour), a pomada é a melhor opção, porque dá volume e ajuda a encorpar o cabelo muito fino e liso. Cera também dá o mesmo efeito, com a vantagem de oferecer alta fixação, que “segura” o penteado por mais tempo, explica Tiago Costa.

No casos dos topetes estruturados que desafiam a lei de gravidade, bem altos mesmo, depois de modelar com cera aplique spray. “Esse produto ajuda a fixar mais ainda o penteado, evitando que desabe ao longo do dia ou da noite”, diz Tiago.

O secador e a escova são fundamentais para ir secando e ajeitando o cabelo ao mesmo tempo na direção que você deseja.

Dá para modelar o penteado de jeito bagunçado, com movimento, enfatizando a textura natural do cabelo.

Esses topetes com movimento dão uma aparência mais natural ao cabelo do que os topetes estruturados.

Para modelar, não use pente ou escova, só as mãos. “Aplique a cera ou pomada e, com os dedos, vá  separando e ajeitando as mechas ou os cachos”, ensina Tiago Costa.

 

  • Topetes baixos

Você precisa de: pomada ou cera + secador + escova

Os topetes mais baixos e discretos podem ser modelados com pomada ou cera, com o nível de brilho a seu gosto. “A pomada costuma ser à base de água, por isso é mais leve, enquanto a cera oferece fixação mais forte e, também, geralmente tem menos brilho”, explica o barbeiro.

Secador e escova são ferramentas básicas para modelar o topete com disciplina e volume. Uma borrifadas de spray, no final, dão garantia de cabelo no lugar o tempo todo.

Para pentear de jeito bagunçado, reforçando o movimento e a textura natural do seu cabelo, a regra é usar só os dedos. Ou então penteie com pente ainda seco e depois de aplicar o finalizador ajeite com a mão.

 

  • Desconectados

Você precisa de: cera (em pasta ou em pó) + pente

São desconectados porque as mechas não se “conectam” entre si. O cabelo é bem repicado e desfiado em diferentes comprimentos, formando camadas. “A cera é o produto ideal para modelar esse penteado”, diz Tiago Costa (leia abaixo).

Segundo o barbeiro, a cera proporciona a definição certa para o penteado. “Melhor ainda é usar cera em pó, em vez de pasta, salpicando o produto só nas raízes”, ensina Tiago.

Como os penteados desconectados são versões atualizadas dos antigos “bagunçados”, o certo é penteá-los com pente e, depois, separar as mechas com os dedos.

  • Texturizados

Você precisa de: pomada ou cera + secador + escova

Têm em geral mechas “arrepiadas”, como uma atualização do penteado “spiky” (pontudo”) da moda de um tempinho atrás. A diferença é que, em vez de ter as pontas arrepiadas para o alto, o estilo agora é mais natural. Pomada ou cera de efeito mate (fosco) são ideais para finalizar, por não darem aspecto molhado ou muito brilhante.

Para esse penteado, é preciso separar e definir o cabelo em mechas ou camadas.

Use secador, escova e mãos para ir ajeitando as mechas do cabelo na direção que você quer. Aplique a cera e, se quiser, finaliza com spray.

 

  • Clássicos

Você precisa de: gel ou pomada + pente

Se você é adepto dos cortes e penteados mais comportados, que não saem de moda, tem que ter à mão gel e pente. De consistência mais gelatinosa do que pomada e cera, o gel proporciona aspecto molhado ou brilhante, que cai superbem nesses tipos de cabelos mais formais (mas nem por isso menos modernos).

O gel proporciona brilho molhado ao penteado e pode se usado com o cabelo ainda úmido, se você tem pressa.

O gel ainda tem a vantagem de deixar o cabelo assentado de manhã até à noite, por seu alto poder de fixação.

Os penteados razor part, com risca bem definida, ficam ótimos modelados com gel.

Em vez do gel dá também para usar pomada de efeito mate ou semi-mate, caso você prefira menos brilho e aparência mais natural.

 

  • Penteados para trás

Você precisa de: cera ou pomada + secador + escova

Conhecidos lá fora como comb over, slick back ou slicked back, é um estilo ao mesmo tempo clássico e moderno. Com secador e escova, você assenta o cabelo para trás. Cera e pomada são os finalizadores perfeitos, por darem aspecto mais natural a esse penteado.

Dá para escolher entre os diferentes níveis de brilho da pomada ou cera, fosco ou semifosco.

Para estilos mais estruturados, ou se seu cabelo for liso demais, é bom uma finalizada com spray, para segurar o penteado para trás.

O penteado para trás também pode ser menos ajeitado, especialmente para quem tem cabelo ondulado.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/

3 Comentário

  1. Tao divertido e importante quanto escolher a cor do esmalte que vai enfeitar as unhas durante a semana, decidir o produtinho que vai finalizar as pontinhas dos dedos tambem pode fazer toda a diferenca. Precisa de uma esmaltacao que dure um tempao? Quer que as unhas sequem rapidinho? Ou prefere muito brilho nas maos? Confira os diferentes finalizadores de unhas e saiba como escolher o seu!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.