Philips OneBlade ganha versão para rosto e corpo

Mistura de barbeador elétrico e lâmina, pensado agora também para depilação, o modelo Face & Body raspa, contorna e apara pelos de qualquer comprimento, na barba e no corpo.

Homem No Espelho - Philips OneBlade Face & Body versão para rosto e corpo

Por Wilson Weigl  

O aparelho Philips OneBlade todo mundo conhece. É um produto bem diferente de tudo que existe por aí, porque barbeia como aparelho elétrico mas com a precisão da lâmina. Sua nova versão Face & Body, que acaba de ser lançada, é pensada também para uso na depilação corporal. Agora ele  raspa, contorna e apara pelos de qualquer comprimento.

A novidade é que agora o aparelho vem com uma lâmina para o rosto e outra especial para o corpo, com as pontas arredondadas mais longas (essas pontas protegem a pele para evitar cortes). O kit tem agora três pentes para escolher a altura de corte dos pelos da barba curta (1, 3 e 5 mm) e um pente para o corpo (3 mm), o verde.

Assim, dá para raspar totalmente a barba e desenhar contornos precisos com a lâmina normal, e aparar os pelos em qualquer direção com o pente para o corpo. Por ter cabeça móvel, se adapta superbem aos contornos do rosto, do peito, abdômen etc.

Homem No Espelho - Philips OneBlade Face & Body versão para rosto e corpo

Homem No Espelho - Philips OneBlade Face & Body versão para rosto e corpo

O aparelho é à prova d´água e pode ser usado na pele seca ou molhada, inclusive no banho, com ou sem espuma de barbear. Para limpar, é só botar embaixo da torneira. A lâmina dura até 4 meses e depois pode ser comprada separadamente. A bateria tem autonomia de 45 minutos sem ter que recarregar.

O novo Philips OneBlade Face & Body (QP2620) é mais caro do que o modelo anterior e custa R$ 339,90. Para comprar nas lojas Americanas, clique aqui.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/

2 Comentário

  1. Lançamento desse kit no Brasil, isso sim!
    Já era possível comprar os pentes para depilação íntima e para o corpo muito antes.
    Tenho os meus desde o ano passado!
    Ocorre que era muitíssimo difícil conseguir no Brasil. Só em algumas autorizadas.
    O meu importei.
    E vejo que compensou mais do que fosse comprar agora…

    • Isso mesmo, Daniel. O Homem No Espelho publica preferencialmente produtos vendidos no Brasil. Porque senão só fica na vontade. A questão do preço é relativa, porque no exterior tudo é quase sempre mais barato, mas há o risco de ter de pagar imposto.Obrigado pelo comentário.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.