Quer deixar a barba crescer? Siga estas instruções

Tomou a decisão de cultivar os pelos faciais? Comece a cuidar deles logo no início do processo, para crescerem fortes e saudáveis e evitar problemas na pele sob a barba.

Por Wilson Weigl

Raro encontrar um homem que nunca tenha pensado em deixar a barba crescer. Se agora você tomou essa decisão, é recomendável tomar alguns cuidados logo no início do processo, para que os fios cresçam fortes e saudáveis e, também, para evitar espinhas, pelo encravado e outros problemas na pele embaixo da barba.

Se você não se barbeia todos os dias e costuma deixar a barba crescer livre durante alguns dias, provavelmente já sabe se ela é cheia, cerrada e grossa ou rala, fina e cheia de buracos. Essas características vão influenciar o resultado final, é claro.

À medida que sua barba vai tomando forma, é aconselhável pensar em adotar um estilo que combine com seu formato de rosto (oval, quadrado, redondo, triangular, diamante ou retangular), valorize seus pontos fortes ou disfarce seus pontos fracos. Então leia estes post:

Também é importante já pensar qual estilo de barba vai escolher segundo os diferentes tipos de comprimento (sombreada ou “por fazer”, curta, cheia, longa). Essa decisão depende da sua personalidade e da imagem que quer passar para as outras pessoas (rebelde e moderna ou formal e elegante).  Nesse caso, esse post vai ajudá-lo na escolha:

Fundamental é cuidar dela desde o começo. Assim se evita coceira, descamação da pele e se dá uma mãozinha para que os pelos cresçam hidratados e fortes, evitando o visual futuro de barba seca e desgrenhada.

No momento em que a barba começa a tomar forma, já é hora de começar o trato (que vai durar enquanto você tiver a barba, bem entendido). Confira os passos.

Desenhe os contornos

Use lâmina de barbear ou aparador elétrico para desenhar os contornos das bochechas e do pescoço. É feio demais pelos crescendo sem disciplina no rosto e no pescoço: você fica com cara de sujinho ou náufrago. Leia aqui o post que ensina como desenhar os contornos da barba.

Se os pelos do bigode começam a crescer sobre a boca, apare as pontas com uma tesourinha, na linha dos lábios.

Esse trato não vai mais ter fim: quando sua barba estiver crescida, você deve apará-la uma vez por semana. Mas deve começar logo que a barba comece a crescer e ficar sem desenho.

Mantenha os pelos limpos

Logo que os pelos comecem a ficar um pouco crescidos você já pode (aliás, deve) começar a lavar com shampoo específico para barba. Pense que o shampoo de cabelo não é formulado para ser usado no rosto. Além de a pele do rosto ser diferente do couro cabeludo, além disso, os fios da barba são mais grossos e secos do que os do cabelo.

Lavar a barba à noite, na volta do trabalho ou antes de dormir, é ainda mais importante, porque durante o dia os pelos juntam impurezas. Assim sua barba vai crescer saudável e hidratada desde o começo.

Trate a pele sob a barba

Muitos homens dispensam a maior atenção aos pelos e esquecem completamente da pele que existe embaixo deles. Coceira, irritação, descamação, cravos, espinhas, pelos encravados e foliculite são consequências de deixar a pele ressecada e mal higienizada sob os pelos. Porque a barba acumula sujeira (resíduos, sebo do rosto, poeira, poluição) que contaminam a pele.

A sujeira da barba pode até obstruir os folículos onde nascem os fios, comprometendo seu crescimento saudável.

Além disso, a camada superficial da pele é um depósito de células mortas descamadas, que são retiradas pela lâmina de barbear. Como você não se barbeia, as células velhas se acumulam, também obstruindo os poros e impedindo que a pele respire.

Limpe a pele sob a barba duas vezes por dia, pela manhã e à noite. Lave o rosto com sabonete facial (em barra ou líquido), massageando a pele sob a barba com as pontas dos dedos. Essa limpeza da pele deve ser feita até mesmo quando sua barba estiver crescida e cerrada.

Hidrate os pelos

Os bálsamos (balms) são produtos essenciais para os barbudos. Eles levam na fórmula substâncias vegetais e óleos essenciais que hidratam e disciplinam os pelos e evitam o aspecto seco e desgrenhado. Também evitam o ressecamento da pele sob a barba, que provoca coceira devido à falta de hidratação.

Os óleos de barba também agem como hidratantes, só que mais gordurosos, e servem para estilizar a barba. O óleo confere brilho aos pelos. É um produto que você deve usar à medida que sua barba vai ficando mais cheia.

https://www.instagram.com/homemnoespelho/

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.