10 cuidados com a aparência para começar no Ano Novo

Que tal incluir mais cuidado com a aparência entre suas resoluções para 2021? Veja 10 ideias para você adotar na sua rotina diária e colocar em prática já.

Por Wilson Weigl

Para muitos homens 2020 foi um ano de desleixo com a aparência, com pouca ou nenhuma preocupação com cabelo, barba, pele… Agora que estamos esperançosos a respeito de 2021, chegou a hora de colocar os cuidados pessoais novamente como uma prioridade. A essência de tomar novas atitudes é começar algo novo, experimentar coisas diferentes e melhorar a vida. E dedicar mais cuidado ao visual é certamente garantia de começar o novo período com a autoestima e a autoconfiança em alta.

Preocupar-se mais com a aparência é uma decisão fundamental para ter sucesso no trabalho e nos relacionamentos (porque nessas duas áreas da vida a concorrência é grande). Se você já cuida do visual, ótimo! Mas sempre dá para melhorar e caprichar ainda mais no trato pessoal. Por outro lado, se você andou largadão, relaxado, mal se olhou no espelho, é hora de repensar a necessidade de se cuidar.

Listei algumas dicas de cuidados masculinos para você incluir nas suas resoluções de Ano Novo, adotar na rotina diária e colocar em prática o quanto antes.

1. Passar protetor solar facial todo dia

Se você já cumpre essa obrigação, pule para o próximo item. Está mais do que provado que o sol é o maior inimigo da pele. Passar filtro solar no rosto diariamente é uma obrigação, tanto para evitar manchas, rugas e envelhecimento precoce quanto para prevenir o câncer de pele (o segundo tipo de câncer mais comum no Brasil).

Filtro solar é artigo de primeira necessidade em qualquer época do ano e até mesmo em dias nublados ou de mormaço. Mais de 60% da radiação emitida pelo sol atravessa as nuvens. Elas bloqueiam a luminosidade, mas deixam passar os raios ultravioleta A e B, que não só causam queimaduras como também danificam profundamente a pele. 

No rosto, deve-se usar filtro com FPS 30 (ou mais alto), com proteção contra raios UVA e UVB. Aplique uma camada generosa, sem economia, no rosto todo, até a raiz do cabelo, antes de sair de casa pela manhã. Se for se expor ao sol, reaplique depois de algumas horas. Para saber mais sobre proteção solar, leia aqui no site o “Guia do protetor solar: quanto, como, quando e onde passar” (clique aqui).

Outro alerta: sair dirigindo por longos períodos tomando sol direto na cara sem se proteger pode ser pior do que ir à praia. A radiação solar perigosa atravessa os vidros do carro e detona sua pele (leia aqui o post). E tem mais! Celular, tablet e computador emitem a luz azul HEV Light, radiação que pode ser tão maléfica para a pele quanto a luz do sol (clique aqui para saber mais).

2. Começar a usar creme noturno

Se você está na casa dos 30 anos, esse trato já é obrigatório: é preciso começar a pensar no futuro para chegar aos 40 ou 50 com tudo em cima (saiba mais aqui). Os cremes noturnos hidratam, nutrem a pele, diminuem e previnem rugas.

Investir num bom produto para noite é um salto e tanto para garantir a saúde da pele do rosto. Enquanto a gente dorme, ocorre uma intensa renovação das células da pele e a capacidade de absorção dos ingredientes dos cosméticos está no auge; por isso, sua ação é reforçada.

Aliás, o rosto merece um belo trato à noite, com limpeza e hidratação correta, em todas as idades (leia aqui). Uma boa ideia é começar a usar cremes que tenham ação anti-idade, com ação efetiva anti-rugas. Os bons cremes para noite geralmente contêm ácido hialurônico, retinoico ou glicólico, vitamina C e outros ativos que regeneram e dão firmeza e sustentação à pele.

O trato noturno completo inclui também aplicar um creme específico para a área dos olhos, que previne os famigerados pés-de-galinha e ajuda a atenuar bolsas e olheiras.

3. Escolher um bom corte de cabelo

Nada como começar uma nova fase da vida com uma mudança de visual. Que tal experimentar um corte de cabelo mais atual? O cabelo é provavelmente a primeira coisa que as pessoas reparam num homem. Não importa o estilo — curto, longo, cacheado, fade, undercut, tanto faz. Corte de cabelo bacana é aquele que combina com você. O que não dá é usar cabelo desgrenhado, sem corte, que não vê tesoura há meses.

Não adianta idealizar um corte que não se enquadra no seu tipo de cabelo ou formato de rosto. Leve em consideração as características do seu cabelo: densidade (quantidade de fios), o volume (espessura dos fios), a forma (liso, reto, cacheado, crespo) e se é seco, normal ou oleoso. Todas essas características influem no resultado final do corte. Caso tenha dúvidas sobre seu tipo de cabelo ou um estilo de corte que se adapte a ele, peça a opinião do seu barbeiro ou cabeleireiro.

Para decidir por um corte com mínimas chances de erro, leia o post aqui.

4. Experimentar novos perfumes

Muitos homens se apegam a um perfume e o usam em todas as ocasiões, como uma assinatura pessoal, um marca registrada. Passam a vida inteira com o mesmo cheiro. Nada contra, mas hoje há tantas opções de fragrâncias masculinas que vale a pena experimentar as novidades. Dá para ter um perfume diferente para cada ocasião ou intenção, sem ter que gastar os tubos.

Trocar de perfume é como trocar de roupa: a gente escolhe de acordo com a nossa vontade de se expressar. Você pode ter um perfume clássico só para usar no trabalho, outro refrescante depois da academia, um terceiro mais exótico para festas ou baladas. Uma eau de toilette leve, tipo colônia, para usar de dia e uma eau de parfum, concentrada e intensa, para aplicar à noite. Leia o post que ensina como escolher a fragrância de acordo com a ocasião (clique aqui).

Uma opção é ter frascos menores, de 30 ml, para poder variar sempre sem ter que investir em vidros maiores e mais caros. Tem dificuldade para escolher um perfume novo? Veja aqui no site os lançamentos mais recentes (clique aqui). E se você gostar do perfume que outro homem usa, um amigo ou colega, não sinta vergonha de perguntar a marca.

5. Fazer esfoliação no rosto

Todo homem deveria ter um esfoliante no armarinho do banheiro. Mas para alguns caras o esfoliante deve ser artigo de primeira necessidade. Quem sofre com excesso de oleosidade e brilho no rosto, pelo encravado, cravos e irritação ao barbear deve encará-lo como uma verdadeira arma de guerra. A esfoliação é uma limpeza profunda que renova as células, deixa o barbear mais confortável e ajuda a prevenir cravos, espinhas e pelos encravados.

O esfoliante é um creme ou gel — que pode também ser chamado de “scrub” no rótulo — com minúsculas partículas que, ao serem esfregadas na pele, fazem uma leve abrasão que elimina sujeira, oleosidade e células mortas que entopem os poros. Essas partículas geralmente são microesferas de materiais naturais ou sintéticos.

A ação do produto na pele é tão legal que você pode ficar tentado a usá-lo todo dia. Mas não deve, porque ele tem efeito abrasivo. Use duas ou, no máximo, três vezes por semana. Saiba mais sobre esfoliação clicando aqui.

6. Aparar ou depilar os pelos corporais

Foi-se o tempo em que homem deixava pelo no corpo para todo lado e ninguém ligava. Hoje não mais. A depilação masculina há muito tempo deixou de ser tabu e existe um consenso de que os pelos corporais devem ser disciplinados, pelo menos.

Deixar a pelagem do jeito que você gosta é um direito que é seu. Há homens que aparam ou eliminam os pelos para destacar os músculos, outros para diminuir o calor corporal e outros por pura vaidade. Cada um sabe de si.

Mas tudo tem limite. Excesso de pelos nas costas, nos ombros, no peito ou na bunda nem sempre é legal. E aparar os pelos das partes íntimas deve obrigatoriamente fazer parte da rotina de cuidados dos homens, por vários motivos. Segundo inúmeras pesquisas, as mulheres detestam a visão de um matagal quando os homens baixam as calças e, importante, preferem menos pelos para a prática do sexo oral. Os gays também entram na estatísticas, porque muitos homens também não curtem excesso de pelos no parceiro. Saiba como fazer a depilação íntima masculina clicando aqui.

Além de aumentar a temperatura corporal, os pelos “seguram” as bactérias causadoras do mau cheiro que não evaporam junto com o líquido do suor. Apare os excessos no peito, abdômen, axilas e virilha. Para saber em que partes do corpo você deve devastar ou preservar a mata, leia o post clicando aqui.

7. Disciplinar os pelos do rosto

Não se deixe enganar: sobrancelhas que parecem taturanas e pelos saindo do nariz e das orelhas são uma visão do inferno! Não adianta exibir um corte de cabelo bacana, a barba bem aparada, pele em dia, e deixar o excesso de pelos faciais estragar o visual.

Comece hoje seu Projeto Cara Limpa. Para isso, pinça, tesoura e aparador deverão seus companheiros na poda periódica dos pelos. Esse cuidado deve fazer parte da rotina de todo homem e pode ser semanal ou mensal, dependendo da velocidade de crescimento dos pelos, que varia de homem para homem. Basta começar a ficar ligado nessa questão ao olhar no espelho.

Para facilitar, é aconselhável fazer o serviço todo de uma vez só, no nariz, nas orelhas e nas sobrancelhas. Veja como dar o trato correto em cada lugar do rosto no post aqui do site (clique para ler).

8. Descobrir o hidratante corporal

A esmagadora maioria dos homens que cuidam do rosto com cremes e hidratantes negligencia totalmente a pele do corpo. Que aliás é o maior órgão da anatomia humana. Pele ressecada causada por banhos muito quentes é muitas vezes a causa de coceira e irritação. Sabonete e água retiram a camada superficial de gordura e umidade que protege a pele (manto lipídico), que, com menos defesas naturais, fica suscetível à invasão de bactérias e fungos e a problemas como eczema, coceira e descamação.

Quem treina ao ar livre, toma mais de um banho por dia ou mora em cidades de ar muito seco precisa hidratar o corpo. Nem é preciso fazer todo dia: bastam duas ou três vezes por semana. A não ser que você tenha tomado sol, na praia ou fazendo esporte, porque daí não dá para dispensar o hidratante.

Os hidratantes corporais especificamente masculinos (são poucas opções no Brasil) têm fórmulas criadas para as necessidades dos homens (detestamos sensação de melado, certo?). Como a pele de mulher é mais seca, hidratantes femininos costumam ser cremosos e oleosos e, além disso, muitos têm perfumes doces, de flores ou frutas. Já os produtos masculinos não têm fragrância ou tem perfume discreto. Para ver mais dicas sobre o uso do hidratante corporal masculino, clique aqui.

9. Dar um upgrade nos seus aparelhos

Esse é o ano de dar uma atenção maior aos seus artefatos de cuidados pessoais. Avalie sua rotina e invista em modernidade e tecnologia, poque quase sempre ela resulta em praticidade, eficácia e economia de tempo.
Apara a barba? Compre um aparelho elétrico. Raspa os pelos do corpo? Existem aparadores multifuncionais que podem ser usados também na barba. E já pensou em investir numa escova de dentes elétrica?

Melhore também seu arsenal mais básico: comprar um cortador de unhas bacana, uma tesourinha para aparar a barba. Aposente o aparelho de barbear baratinho, de cartuchos três lâminas, e comece a usar o modelo de seis lâminas com dupla fita lubrificante, que melhora muito o barbear. Ou seja, investigue no seu armarinho do banheiro todos os itens em que consegue dar uma melhorada.

10. Procurar produtos com a sua cara

Traduzindo: opte por produtos que atendam as necessidades específicas da sua pele e do seu cabelo. É que muitos homens que cuidam da aparência fazem tudo certinho mas pecam na hora de escolher os produtos. Seja por falta de opções, dificuldade de encontrar ou até por preguiça ou desinteresse, compram o primeiro produto que encontram pela frente, no supermercado ou na farmácia.

Descubra o shampoo certo para seu tipo de cabelo. Existem produtos formulados para cabelos secos, muito secos, oleosos, finos, rebeldes, sem volume, grisalhos, cacheados e mais. Viver brigando com sua cabeleira também pode ser resultado de optar por um shampoo “genérico”, que serve para todo tipo de cabelo, como costumam ser os produtos masculinos dos supermercados. Caso não saiba qual é seu tipo de cabelo, pergunte ao seu cabeleireiro. E não deixe de ler o post que ensina como escolher o shampoo certo para cada tipo de cabelo masculino (clique para ler).

Capriche no sabonete, cheire as opções da prateleira e escolha aquele que tem o perfume mais gostoso. Em dívida se é melhor sabonete em barra ou líquido? Acabe com essa dúvida lendo este post.

Comece a fuçar e pesquisar nas prateleiras, e-commerces, sites e blogs para descobrir novos produtos que resolvam seus problemas de pele e cabelo e se encaixem na sua rotina de cuidados diários. Para começar já, dê uma espiada na nossa coluna de Lançamentos de produtos para barba, cabelo, rosto e corpo (clique aqui).

https://www.instagram.com/homemnoespelho

1 Comentário

  1. As dicas são excelentes, algumas, inclusive, novidades para mim! Seguirei o maior número delas. Porém, eu gostaria de salientar que não é hora de falar em retomada ou recomeço de nada. Com todo o respeito, que volta a academia é essa, meu caro? Que recomeço, que retorno é esse? Juro que não estou entendendo. Segundo as estatísticas oficiais, o Brasil conta com 1.887.959 infectados e 72.921 mortos pela Covid-19. E a curva está ascendente, isto é, esses números só fazem aumentar a cada dia! A hora ainda é de ficar em casa, de se resguardar, de evitar contato interpessoal desnecessário, de se exercitar em casa. Por mais que eu tenha gostado do artigo como um todo, eu desaprovo essa fala de “todos nós estamos experimentando um recomeço na volta à vida “normal””. Não, muitos de nós não estamos e aqueles que estão ainda não deveriam estar.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.